28_Reuniões_corporativas-Criatividade
August 19, 2015 Blog, Reuniões No Comments

Esta foi a pergunta que fiz aos participantes do curso de Reaprendizagem Criativa (quem ministra é o talentosíssimo Murilo Gun) e as respostas foram bastante interessantes! Dividi as opiniões em três grupos e vou compartilhar com você neste post.

Nosso bate-papo aconteceu no grupo fechado que temos no Facebook, então vou conseguir trazer “ipsis litteris” as considerações que tivemos por lá! E desde já agradeço muito aos que responderam ao questionamento, sem dúvida isto enriquece discussões a favor de uma mudança (ou melhoria!) do mindset atual.

 1º grupo: pauta e tempo são fundamentais

Ficamos muito felizes ao perceber que muitas pessoas valorizam dois elementos que contemplamos no Método Kairos! Também acreditamos que, neste caso, a regra mais liberta do que engessa. Afinal, quando a reunião se torna longa demais e sem foco, a energia para criatividade é inversamente proporcional a vontade de voltar para a mesa de trabalho.

“Reuniões no meu ponto de vista devem ter pauta e tempo de inicio e fim pra serem produtivas.”
Antonio
“…reunião deve ter pauta e tempo marcados. O condutor deve estar muito focado para que o grupo não disperse e perca tempo com um monte de divagações. Acho importante reuniões corporativas com objetivo específico.”
Iara
“Pra mim, reunião boa não pode durar mais que um café”
Marcelo
“A maioria não estimula nem um pouco a criatividade. Inclusive há pouco tempo, em uma reunião eu citava isso, que nosso poder criativo não era estimulado.
Rodrigo
“Depende do objetivo da reunião e do condutor.  Muitas vezes ela nem tem pauta…”
Ana Cláudia
“Concordo, reunião precisa ter um objetivo claro. Um condutor que tenha pulso firme e influência sobre os demais de forma a conduzi-la e reprimir quando necessário para que o objetivo seja alcançado. E sim o tempo ajuda muito a se concentrar no que realmente importa. Em alguns projetos eu tive que suprimir algumas reuniões e transformá-las em mini reuniões individuais com os envolvidos para atingir o objetivo. Pois havia conflitos entre os mesmos de ego e etc que fazia com que as reuniões fracassassem. No fim o responsável tem que ter a sensibilidade de conhecer seu público e saber quando a reunião faz sentido e quando é melhor usar outras técnicas.”
Mauro

2º grupo: o lugar influencia 

Este segundo grupo de opiniões nos fez refletir sobre o peso que a palavra “reunião” traz. Quando tem sala agendada e acontece da maneira tradicional, parece criar um bloqueio nas pessoas, como se o espaço estivesse gritando “aqui não é o lugar para ser criativo”:

“…Como solução de problemas, posso dizer que sim, elas precisam ser criativas, se não não faz sentido. Mas acho que as conversas de corredores e um bom chop em termos de criatividade são mais assertivos!”
Antonio (dono também da primeira resposta do grupo anterior)
“É concordo com o Antônio! Meu departamento é relativamente grande quando fazemos reunião, os temas se dispersam, as pessoas mudam o foco da pauta principal! Acredito que é necessário uma reunião foca nos assusto caso ao contrário à conversa no bar é mais!”
Lívia

A ideia que fica é que, para fomentar a criatividade, a reunião nem sempre precisa ser formal. Talvez levar a equipe para um parque, um café ou mesmo um barzinho traga mais interação, abaixe o nível crítico e as ideias fluam melhor!

3º grupo: sim, as reuniões estimulam a criatividade!

Foi muito legal saber que em alguns lugares a criatividade é estimulada e as reuniões contribuem para um ambiente inovador! Somos totalmente a favor das boas reuniões, aquelas em que as ideias fluem para a concretização de um objetivo comum.

“Acho que estimulam sim , porque duas ou mais cabeças pensam mais do que uma , independente do cargo ou formação , desde o faxineiro ao presidente , todos podem contribuir de alguma forma com alguma ideia criativa.”
Rodolpho
“Dependendo da empresa pode até estimular quando se deixa totalmente aberto a colaboração e cocriação.”
Alexandre

 Respostas surpreendentes 

Além dos três grupos acima, tivemos duas respostas que foram surpreendentes! Uma que nos fez dar um 360º – o que é sempre positivo! – e outra que nos fez perceber que estamos no caminho certo:

“É muito fácil falarmos que as reuniões tendem a ser improdutivas e sem propósito; é uma reclamação recorrente nos mais variados segmentos. Só acho que a questão aqui é outra. Estimular ou não a criatividade depende da pessoa. Qualquer coisa pode servir de input para alimentar a criatividade. O olhar de quem assiste é o diferencial. Acho que pode estimular sim, principalmente se for sobre um assunto fora do que se trabalha no dia a dia. Sair da zona de conforto é sempre uma boa.”
Pedro Henrique

Foi muito legal a visão que o Pedro Henrique trouxe, sobre questionarmos a nossa responsabilidade nas reuniões. Vai um pouco ao encontro do post que fizemos sobre o efeito manada, mas, mais do que isto, fez com que pensássemos em um novo tópico para o nosso workshop! Obrigada Pedro :).

O Bruno escreveu o seguinte:

Boa noite, fiquei pensado aqui qual o conceito de reunião corporativa que você quis dizer. Reuniões na minha opinião são sempre bem vindas, desde que, como alguns já falaram, tenham alguma metodologia, o importante mesmo é saber o que se quer desses encontros e alcançar o objetivo da melhor maneira.Se seu objetivo é reuniões para estimular a criatividade, que tal estudar como fazer isso em um ambiente corporativo ?! Estipular um horário para começar, um tempo de duração, um bom orador, um ambiente confortável e alguém para compilar as informações, acredito que são pre-requisitos para um bom resultado. No mais, como o Murilo Gun já colocou. O processo que ele adota são pelo menos com 4 fases:
1 inputs
2 processamento
3 outputs
4 feedbacks
Combine o seu!! Boa sorte!!

O Bruno, de maneira intuitiva, acabou nos direcionando para várias ações que propomos por aqui e que também estão no Método Kairos. Além disto, trouxe uma nova possibilidade apresentada a nós pelo Murilo Gun e que pode ser facilmente aplicada a reuniões. Excelente ideia!

Mais uma vez, meu grande agradecimento a todos os criativos do curso que co-criaram comigo este post :)!

Se você chegou ao final deste post, certamente é uma pessoa interessada em levar mais criatividade para suas reuniões corporativas. Gostaria muito de saber sua opinião! Como são hoje as reuniões na sua empresa, elas já estimulam a criatividade? Você tem ideias para isto acontecer com mais frequência? Não deixe de nos contar nos comentários!

 
download_kairos_banner01
 

Written by Flavia