44-Intraemprendedor
December 14, 2015 Blog, Produtividade 1 Comment

Muito se fala atualmente sobre empreendedorismo, porém há um outro movimento tão importante quanto que é o daquelas pessoas que conseguem inovar, quebrar barreiras burocráticas e hierárquicas dentro de grandes corporações.

Essas pessoas muitas vezes têm uma energia de ativação ainda maior do que as que saíram para montar seu próprio negócio, pois lidam com os egos de muita gente e o gosto pessoal dos colegas de trabalho que nem sempre estão no mesmo mindset para se unir à força de mover o grande elefante branco.

MENOS RECLAMAÇÃO E MAIS AÇÃO 

Como já comentei por aqui, este ano fiz o curso de criatividade com o Murilo Gun e teve um caso de um dos meus colegas de turma que me chamou muito a atenção.

O Léo Fontana é um rapaz super jovem que trabalha em um grande banco, que, como todos sabemos, tem inúmeras questões burocráticas envolvidas em suas operações. Porém, ao invés de usar isto como muleta para não sair da zona de conforto, ele simplesmente decidiu quebrar os paradigmas e começou a levar os conceitos de criatividade para os seus pares, com palestras super inovadoras que unem conteúdo + músicas para a memorização.

Resultado: ele ganhou um prêmio como reconhecimento pelo seu trabalho e, mais importante do que isto, passou a se destacar e motivar todos que passaram por suas palestras.

“MAS ESTE NÃO É O MEU TRABALHO” 

Qual foi a principal lição que extrai quando o Léo compartilhou esta conquista? Que, ao invés de focarmos em nossas atividades-chave, precisamos raciocinar como empreendedores, que estão sempre dispostos a encarar uma nova missão ainda que não se tenha conhecimento profundo para isto.

E, o que muitos se esquecem, é de que tudo aquilo que fazemos vira conhecimento para vida. Isto é, pode não ser o seu trabalho hoje, mas quem sabe você não usará este conhecimento no futuro? Steve Jobs foi prova de que a vida é uma “conexão de pontos”, como bem narrou em seu famoso discurso na Stanford University (assista aqui).

COMO COMEÇAR

Sabe aquele projeto que você tem guardado na gaveta e que jura que um dia colocará em prática? Que tal começar a desenvolver ele dentro da empresa que trabalha? E lembre-se de que não precisa ter relação direta com o que você faz…

Exemplo: se você adora organização e conhece tudo sobre o assunto, certamente as pessoas a sua volta já te admiram por isto e alguns sempre perguntam como você consegue se organizar tão bem. Um bom primeiro passo é você criar um e-mail semanal com dicas sobre o assunto e disparar para seus contatos dentro da empresa.

Pronto, você já iniciou aí um processo de lean startup: começou a testar o público, as dúvidas, as necessidades etc. E, quem sabe, a empresa não te inclua em um projeto relacionado ao assunto justamente por esta sua iniciativa?

NÃO ESPERE VIRAR UM EMPREENDEDOR

É o momento de sair do papel de vítima!  Comece a partir de hoje a ter uma postura mais ativa dentro da empresa e você perceberá como o reconhecimento virá e a sua motivação também vai crescer consideravelmente.

Coloque como desafio por pelo menos um projeto em prática até a semana que vem e depois nos conte quais são os resultados que você já está colhendo. Temos certeza de que logo mais você vai compartilhar só boas notícias, assim como o Léo fez e tantas outras pessoas que decidiram sair da zona de conforto para intraempreender!
 
download_kairos_banner01
 

Written by Flavia