52-SEQUESTRADOS
June 6, 2016 Blog, Tempo 2 Comments

Neste cativeiro não tem cadeado e o valor do resgate não é em dinheiro! O sequestrador é você mesmo, ainda que insista em dizer que são todas as pessoas ao seu redor. Neste sequestro você é muito bem alimentado, faz compras e viagens para esquecer os dias de solidão e, pasme, ainda funciona como um “big brother”: todos podem ver como estão sendo seus dias de isolamento.

Toda esta piração – ou não – saiu de um papo que eu estava tendo no último fim de semana com um amigo curitibano muito querido, o Fernando Venâncio. Tudo começou com curiosidades sobre alguns sequestros famosos e encaminhou para esta reflexão maravilhosa que ele fez sobre a nossa vida.

Quando o Fernando soltou “já percebeu que todos nós estamos sequestrados?” minha cabeça travou. Vivemos sempre nos mesmos lugares, fazendo o que não queremos, para juntarmos um dinheiro que não servirá como resgate. E o pior, podemos sair deste cativeiro a qualquer momento, mas a cegueira branca não nos permite fazê-lo.

Você já ouviu falar da Síndrome de Estocolmo, quando a pessoa agredida se apaixona pelo agressor? Como dizer que não nos alimentamos desta paixão em nosso dia-a-dia? Que não sentimos que não há outra vida melhor que não seja ao lado daquele emprego que um dia já foi dos sonhos, mas que hoje virou sofrimento?

Há quem diga que já conseguiu sair desse cativeiro faz tempo, mas que ainda sente as dores das cordas que o prendiam. Há quem diga que já nem sente mais essas dores do passado e que se livrou desse sequestro pagando um resgate caro na época. E há quem não perceba que ainda está sequestrado, já que este cativeiro deixou de ser “físico” e com um zelador que comendasse.

Em qual estágio você está? O que te impede de sair?

Talvez a pergunta correta seja, o que você faria em seu primeiro dia de liberdade? Se não soubermos o que tem do lado de lá, talvez continuaremos vivendo enjaulados em medos, angustias e pequenas doses de felicidade espalhadas em férias, compras, comidas e tudo aquilo que nos faz acreditarmos que vivemos em liberdade!

download_kairos_banner01

Written by Flavia