35-Importância-de-dizer-não
September 21, 2015 Blog, Tempo 1 Comment

Vivemos na sociedade da aceitação. Queremos estar em todos os lugares, com todas as pessoas, postando as imagens mais interessantes e realizando os projetos de maior impacto! E, infelizmente, isto nos faz prometer coisas que não conseguimos cumprir e causar uma decepção maior por não sabermos dizer um simples… Não!

A sensação negativa em dizer não é também o resultado do relacionamento que os nossos colegas, amigos e familiares têm conosco. Poucas pessoas têm a sensatez de entender o seu tempo, o seu limite e respeitar o seu momento. Do contrário, são muitos aqueles que exigem o seu tempo em troca de uma amizade leal – ou do reconhecimento profissional.

SE EU SEMPRE DISSER SIM…

Não são poucas as vezes que os conhecidos comentam sobre o outro não ter limites. Ao passo que dizem “as pessoas são sem noção, não perguntam se você pode ou não”, aceitam mais um invite que acaba de chegar no Outlook.

A problemática é que, quando colocamos a culpa em um terceiro, deixamos de ter consciência sobre as nossas ações e não temos a oportunidade de evoluir enquanto ser humano adulto e que recebeu o livre arbítrio para viver! Em outras palavras, se você sempre disser sim, ninguém saberá qual é o seu limite!

QUANDO EU SEI QUE DEVO DIZER NÃO?

Saber o que te move é o primeiro passo! Pode ser por meio de um propósito de vida muito bem definido, projetos que está envolvido ou até a descrição de suas funções no trabalho… Entender o que é relevante ou não para você te fará ter muito mais clareza sobre as tarefas que quer ou não (pode ou não!) se envolver.

Sem isto, é praticamente impossível dizer não, afinal, muitas ofertas parecem irresistíveis. Certa vez me ofereceram a sociedade em uma agência, com a missão de reestruturar os processos internos e gerir toda uma equipe. Dificilmente alguém nas condições que eu estava negaria uma oferta como esta e foi preciso muito foco em meu propósito para conseguir dizer não! Passei muito perto do sim, mas hoje percebo que a longo prazo, isto me deixaria bastante infeliz.

O NÃO É MELHOR DO QUE O SIM!

Hoje eu tenho a consciência de que o não fortalece relações, engrandece a amizade, a confiança e os vínculos profissionais. Quando alguém me diz “não consigo fazer isto por você”, sei o quanto aquela pessoa tem claro o seu propósito e que não me deixará na mão quando um pedido meu fizer sentido para o momento de vida dela!

Quebrar este paradigma e reconhecer esta atitude nos outros, nos ajuda a engrandecer as nossas! Neste momento que escrevo faço uma lista mental dos colegas de trabalho e amigos que já conseguiram se posicionar e, mesmo não sendo o que eu queria ouvir, disseram não. Obrigada a vocês que hoje são uma referência para mim! E muito obrigada a todos os sins, que tenho certeza, foram sinceros.

COMO DIZER NÃO QUANDO SE QUER DIZER SIM

Gosto muito do livro Essencialismo, de Greg McKeown. Por lá ele dedica um capítulo inteiro a este assunto e traz algumas diretrizes de como dizer não com delicadeza. É esta lista que reproduzo abaixo, com a licença poética de mudar um pouquinho as palavras do autor!

Dizer não com delicadeza

1) Separe a decisão do relacionamento: negar o pedido não é negar a pessoa. Lembrar disto é fundamental para ter coragem e enfrentar a pressão psicológica que costumam fazer!

2) Dizer não com elegância não significa usar a palavra “não”: isto é, usar o famoso “adoraria, mas…” é super válido, principalmente para aquelas pessoas que você já sabe que tanta assertividade pode machucar.

3) Concentre-se no que terá que perder: saber o que você irá perder ao dizer sim, te dará muito mais coragem para dizer não!

4) Lembre-se que todos vendem alguma coisa: as pessoas estão sempre vendendo uma ideia, um ponto de vista ou uma opinião em troca do seu tempo. Comece a ter consciência sobre isto e escolha se valerá o seu tempo ou não.

5) Acostume-se. Em geral, dizer “não” exige trocar popularidade por respeito: o não pode gerar uma impacto negativo no relacionamento, mas a longo prazo causará admiração, como já comentei um pouco lá em cima.

6) Lembre-se de que um não claro pode ser mais gentil do que um sim vago ou sem compromisso: sabe aquela história do amigo que faz uma permuta e, no final, teria sido melhor ele cobrar pelo serviço? O “tentarei dar um jeito” é muito pior do que um “não” sincero.

COMECE HOJE

Quero sugerir que você comece a treinar hoje a arte de dizer não. Quando surgir uma proposta ou um pedido (por mais simples que seja) que não se encaixem ao seu propósito, utilize as lições acima para dizer não!

Isto vale para tudo: trabalho, amigos e família. É impressionante como estabelecer limites faz com que os outros respeitem muito mais o seu tempo.

 
download_kairos_banner01
 

Written by Flavia